quarta-feira, 30 de abril de 2014

UMA MENSAGEM MARAVILHOSA!


"Amados Irmãos:

Eu agora expando as irradiações desta comunicação para que a Força e a Luz que ela contém chegue a todas as Mentes Humanas que se esforçam e se empenham para transmutar e banir o mal desta tão Amada Terra, em meu Nome e em Nome daquele que É, Foi e sempre Será; a Infinita e Amorosa Fonte Criadora de tudo aquilo que se manifesta – visível e invisível – neste Universo de Luz.
Venho a você, que chegou até estas poucas palavras, transmitir-lhes a eterna Gratidão de todos os membros da Grande Fraternidade Branca Universal por sua União comigo, através do uso da Chama Violeta e do uso constante da Divina Presença Eu Sou.
Desejo que saibam que vocês são muitos. Vocês são em número muito maior do que possam imaginar e é necessário que compreendam que muito já foi transmutado.
É necessário que saibam que a Terra está libertando-se das antigas amarras a cada dia, mesmo que as aparências possam lhes dar impressões contrárias.
Cada ação, cada pensamento e cada sentimento, ligados à Força da Divina Presença contribui para que o Plano Divino para a Humanidade se concretize e se fortaleça. E assim será até que todos possam viver na Luz, no Amor, na Harmonia e na Perfeição, em todos os segmentos da civilização terrena.
É necessário que saiba que você é parte deste Plano Divino, infinitamente Amoroso, cujos propósitos estão ocultos por trás dos véus que lhes turvam a visão e que lhes impedem de perceber que estão caminhando sempre à frente, nunca estacionados e nunca retrocedendo.

Forças contrárias ao caminho da Libertação Humana
Sugiro que experimentem olhar para o seu passado. Não com saudosismo. Mas com visão analítica, para que vejam onde e como estavam a bem há poucos anos atrás.
É preciso que vejam quantas transformações já fizeram.
É preciso que percebam quantas mudanças já estão a caminho.
Quantas soluções já estão lhes sendo apresentadas.
Devem olhar para si mesmos compreendendo o Todo e deixando as partes de lado.
Devem perceber que certas situações desconfortáveis são apenas pequenas partes que ainda se agarram nas velhas crenças, nos velhos hábitos e nos velhos modos de estar na Terra.
Apesar de parecer estarem ainda num caos, as forças contrarias aos avanços rumo à Plena Luz são minorias e devem ser ignoradas, a fim de que as mesmas não tenham poder sobre vocês.
O que venho dizer-lhes aqui, em outras palavras é: sim, vocês estão no Caminho da Libertação e jamais devem permitir que forças contrárias aos Divinos Propósitos lhes engane a mente com subterfúgios e artimanhas que lhes façam pensar que a Luz e o Amor não possuem força alguma.

Abra seus olhos e mude seu foco de atenção!
Devem abrir seus olhos e sair dos enganos que lhes colocam dentro da ilusão, da desesperança, da falta de fé e de confiança nos movimentos positivos a lhes rodear constantemente.
Abram seus olhos e vejam que o novo se manifesta. Abram seus olhos para perceberem as novas ações, os novos sentimentos e os novos pensamentos crescendo e fortalecendo-se ao seu redor.
A Humanidade hoje vibra em maior Energia Amorosa agora. Eu os vejo e os sinto irradiando transmutação e liberdade, que embora ainda não em sua total plenitude, é uma força muito maior que a liberdade do seu passado recente.
E é para isso que devem olhar.
E devem se alegrar, pois estão caminhando exatamente para a Paz que tanto desejam.
Os seus desejos mais profundos estão unidos aos nossos desejos, e estamos todos em União Suprema com os desejos e propósitos de Deus, Pai e Mãe, Criadores deste Infinito e Amoroso Universo de Luz.
Eu tenho estado ao seu lado há eras e eras. Já nos comunicamos através de diversas maneiras e hoje desejo que aprendam a reconhecer a Verdade por trás dos véus.
É momento de libertarem-se de suas ilusões para conhecerem o que se passa Verdadeiramente na Terra agora. E para tanto eu lhes digo que devem olhar para outros lados. Devem colocar seus olhos a enxergar para além dos véus.

Quais são os véus da ilusão?
E sim, vocês ainda estão dentro de muitos véus a lhes ofuscar a clara e Verdadeira visão: de si mesmos, dos outros e da vida ao seu redor.
Diversos ainda são os véus na sua realidade. E devem tomar consciência sobre os véus.
Quais são os véus a lhes impedir de ver a Verdade?
Quais são os véus a lhes ofuscar a mente?
Quais são os véus que lhes bloqueiam a percepção das efetivas as mudanças realizadas na Terra?

Emoções e Sentimentos são véus de ilusão!
E lhes chamo a atenção para o fato de que um dos seus véus é aquele que permeia suas emoções e sentimentos.
Sim, meus amados: Suas emoções são véus. Sentimentos e emoções lhes ofuscam a visão.
Emoções de medo, raiva, mágoas e ressentimentos lhes direcionam para falsas análises e falsos julgamentos, sejam de si mesmos ou de outros e sejam os julgamentos sobre as suas experiências e situações terrenas.

Crenças limitantes são véus!
Suas crenças são véus. Crenças que os limitam são véus. E devem perceber o véu das crenças limitantes. E saibam que a crença no princípio da falta e da miséria é um dos maiores véus que devem transpor.
Lembro-lhes que o Plano de Deus – Pai e Mãe – para cada Ser Humano é: “Nada lhes faltará!”.
E percebam o quanto desviaram-se dessa Promessa Divina!
Vivem o véu do “tudo lhes faltará”. Acreditam que lhes faltará água, comida, dinheiro, saúde, emprego, trabalho e tantos outros. Acreditam que lhes faltarão objetivos nobres!
Acreditam em falsas crenças. E crenças limitantes são véus, mais uma vez repito.
Véus são ilusões criadas por egos e mantidas por outros egos.

Prosperidade e Abundância
Quero dizer-lhes que a Terra nunca esteve tão próspera como agora.
Nunca tiveram tanta fartura de alimentos como agora.
Nunca descobriram tantos recursos como agora.
E ainda quero contar-lhes que os povos das mais variadas nações, nunca estiveram tão unidos como agora.
E o Divino Amor nunca esteve tão presente como agora.
E vocês devem olhar para os fatos já transformados.
Devem olhar para as mudanças já realizadas.

Verdade versus verdades
Crenças, sentimentos e emoções, dos mais diversos gêneros, estão a lhes impedir de discernir entre as mais diversas verdades, que digo-lhes são muitas.
Verdades relativas é o nome que dou para as verdades instáveis, sujeitas a diferentes interpretações e que não são provenientes da mente conectada com a Divina Presença Eu Sou.
Sim, muitas são as verdades relativas. E cada Alma vivente é livre para inserir-se em qualquer uma das verdades relativas.
Porém, você – que aqui está – busca a Verdade para além da relatividade.
E é a você que falo agora.
E desejo que compreendam que para acessar a Verdade única por trás de todas das verdades relativas, devem agora transmutar os véus a fim de obterem a pureza de visão.
E digo-lhes que o maior desafio é transmutar suas emoções e suas crenças desconectadas da Divina Presença Eu Sou.
E dou-lhes a Chama Violeta em intensidade cada vez maior para lhes auxiliar nessa transmutação, com o propósito de libertarem-se das suas amarras.

A mídia é um véu de ilusão!
E já que lhes falo sobre diversos véus, chamo-lhes a atenção para suas mídias, pois as mesmas trazem ilusões e relativas verdades. A mídia é um véu. E devem conscientizar-se disso. E devem elevar suas capacidades de discernir.

Chama Violeta e a Divina Presença Eu Sou
Usem a Chama Violeta para transmutar. Usem a Divina Presença Eu Sou para elevar a capacidade de discernir. E usem a Mente Superior para descobrirem a Verdade por trás das verdades.
Transponham os véus e busquem perceber as mudanças positivas que estão a realizar na Terra.
Eu, Saint Germain, lhes garanto que mudanças estão acontecendo. E peço que confiem nessa informação.

Grande Fraternidade Branca e a Humanidade
A Terra é livre. A Humanidade de Luz é Soberana.
Embora possa não parecer, precisam saber que toda a Humanidade de Luz está unida, clamando – num único coro – pelo fim das guerras e das corrupções, pela dissolução das dores e sofrimentos e pela quebra das amarras que os mantém fora da Perfeita Ordem Divina.
Todos nós, juntos, temos um único objetivo, uma única meta e um único tema.
Vocês não estão só. Nunca estiveram sós nesta jornada nos orbes terrestres. Estamos e estaremos sempre ao seu lado, impulsionando Ações Humanas para que as mesmas se fundamentem em Princípios Divinos e Amorosos.

Volte-se para a Espiritualidade, com disciplina
Trago a você mais uma instrução: O momento é voltarem-se para os aspectos superiores e desenvolverem-se na Nova Espiritualidade, dissolvendo seus véus e seus egos inferiores, acionando a Divina Presença Eu Sou e usando a Chama Violeta todos os dias.
O momento é de compreenderem que a maior força de transmutação está na transformação do seu próprio Ser Interno, que contém imenso Poder Criador e deve ser colocado em Ação.
Devem compreender que a Luz é Soberana e está acima das artimanhas das mentes egóicas, individualistas e fora dos princípios do Divino Amor.

Uma única Verdade
A Verdade única para a Humanidade de Luz é: devem continuar a confiar nas Ações de Forças Superiores a lhes supervisionar, a lhes instruir e lhes intuir.
Muitos são os ensinamentos que lhes enviei ao longo dos últimos anos. E é chegado o momento de compreenderem que a disciplina e a aquisição de uma rotina espiritual é muito importante agora.
Eu os impulsiono diariamente para que a Era de Ouro se manifeste novamente entre na Humanidade.
Esse é o Plano Divino e este é o meu compromisso assumido com cada Alma habitando os orbes terrestres.

Eu Sou Saint Germain,
trazendo-lhes a Chama da Liberdade agora!"



Mensagem de Saint Germain
Através de Tania Resende
Mensagem Captada em 20/03/2014.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

PÁSCOA NA VISÃO ESPÍRITA


O Espiritismo não celebra a Páscoa, mas respeita as manifestações de religiosidade das diversas igrejas cristãs, e também não proíbe que seus adeptos manifestem sua religiosidade.

Páscoa, ou Passagem, simboliza a libertação do povo hebreu da escravidão sofrida durante séculos no Egito, mas no Cristianismo comemora a ressurreição do Cristo, que se deu na Páscoa Judaica do ano 33 da nossa era, e celebra a continuidade da vida.

O Espiritismo, embora sendo uma Doutrina Cristã, entende de forma diferente alguns dos ensinamentos das Igrejas Cristãs. Na questão da ressurreição, para nós, espíritas, Jesus apareceu à Maria de Magdala e aos discípulos, com seu corpo espiritual, que chamamos de perispírito. Entendemos que não houve uma ressurreição corporal, física. Jesus de Nazaré não precisou derrogar as leis naturais do nosso mundo para firmar o seu conceito de missionário. A sua doutrina de amor e perdão é muito maior que qualquer milagre, até mesmo a ressurreição.

Isto não invalida a Festa da Páscoa se a encararmos no seu simbolismo. A Páscoa Judaica pode ser interpretada como a nossa libertação da ignorância, das mazelas humanas, para o conhecimento, o comportamento ético-moral. A travessia do Mar Vermelho representa as dificuldades para a transformação. A Páscoa Cristã, representa a vitória da vida sobre a morte, do sacrifício pela verdade e pelo amor. Jesus de Nazaré demonstrou que se pode executar homens, mas não se consegue matar as grandes idéias renovadoras, os grandes exemplos de amor ao próximo e de valorização da vida.

Como a Páscoa Cristã representa a vitória da vida sobre a morte, queremos deixar firmado o conceito que aprendemos no Espiritismo, que a vida só pode ser definida pelo amor, e o amor pela vida. Foi por isso que Jesus de Nazaré afirmou que veio ao mundo para que tivéssemos vida em abundância, isto é, plena de amor.

Amílcar Del Chiaro Filho

segunda-feira, 14 de abril de 2014

ORAÇÃO DA NOITE


AJUDA-TE QUE O CÉU TE AJUDARÁ


Do ponto de vista terreno, a máxima: Buscai e achareis é análoga a esta outra:
Ajuda-te a ti mesmo, que o céu te ajudará.
É o princípio da lei do trabalho e, por conseguinte, da lei do progresso, porquanto o progresso é filho do trabalho, visto que este põe em ação as forças da inteligência.

Na infância da Humanidade, o homem só aplica a inteligência à cata do alimento, dos meios de se preservar das intempéries e de se defender dos seus inimigos. Deus, porém, lhe deu, a mais do que outorgou ao animal, o desejo incessante do melhor, e é esse desejo que o impele à pesquisa dos meios de melhorar a sua posição, que o leva às descobertas, às invenções, ao aperfeiçoamento da Ciência, porquanto é a Ciência que lhe proporciona o que lhe falta. 

Pelas suas pesquisas, a inteligência se lhe engrandece, o moral se lhe depura. As necessidades do corpo sucedem as do espírito: depois do alimento material, precisa ele do alimento espiritual. E assim que o homem passa da selvageria à civilização.


O Evangelho segundo o Espiritismo - Capitulo XXV - 2

sábado, 5 de abril de 2014

DIAS DE SOLIDÃO


Tem dias em que a gente se sente como quem partiu ou morreu. Quando o poeta da música popular escreveu esses versos, explicitava na canção o sentimento que muitas vezes se apodera de nossa alma.
São aqueles dias onde a alma se perde na própria solidão, encontrando o eco do vazio que ressoa intenso em sua intimidade.
São esses dias em que a alma parece querer fazer um recesso das coisas da vida, das preocupações, responsabilidades e compromissos, para simplesmente ficar vazia.
Não há quem não tenha esses dias de escuridão dentro de si. Fruto algumas vezes de experiências emocionais frustrantes, onde a amargura e o dissabor nos relacionamentos substituem as alegrias de bem-aventuranças anteriores.
Outras vezes são os problemas econômicos ou as circunstâncias sociais que nos provocam dissabores e colocam sombras na alma.
A incompreensão no seio familiar, a inveja no círculo de amizades, a competição e rivalidade desmedida entre companheiros de trabalho provocam distonias de grande porte em algumas pessoas.
Nada mais natural esses dissabores. Jesus, sabiamente, nos advertiu dizendo que no mundo só encontraríamos aflições.
Tendo em vista a condição moral de nosso planeta, as aflições e dificuldades são questões naturais e, ainda necessárias para a experiência evolutiva de cada um de nós.
Dessa forma, é ilusório imaginarmos que estaríamos isentos desses embates ou acreditarmo-nos inatacáveis pela perversidade, despeito ou inferioridade alheia.
Assim, nesses momentos faz-se necessário enfrentar a realidade, sem deixar-se levar pelo desânimo ou infelicidade.
Se são dias difíceis os que estejamos passando, que sejam retos nosso proceder e nossas ações. Permanecer fiel aos compromissos e aos valores nobres é nosso dever perante a vida.
Os embates que surjam não devem ser justificativas para o desânimo, a queixa e o abandono da correta conduta ou ainda, o atalho para dias de depressão e infelicidade.
Aquele que não consegue vencer a noite escura da alma, dificilmente conseguirá saudar a madrugada de luz que chega após a sombra, que parece momentaneamente vencedora.
Somente ao insistirmos, ao enfrentarmos, ao nos propormos a bem agir frente a esses momentos, teremos as recompensas conferidas àquele que se propõe enfrentar-se para crescer.
*   *   *
Se os dias que lhe surgem são desafiadores, lembre-se de que mesmo Jesus enfrentou a noite escura da alma, em alguns momentos, porém, sempre em perfeita identificação com Deus, a fim de espalhar a claridade sublime do Seu amor entre aqueles que não O entendiam.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 7,
 do livro Atitudes renovadas, pelo Espírito Joanna de Ângelis,

 psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.