terça-feira, 19 de março de 2013

NO MUNDO DOS ESPÍRITOS

Esta é uma obra histórica e preciosa: o primeiro livro que documenta as sessões mediúnicas dos centros espíritas que se disseminavam, ao início do século XX, no Rio de Janeiro, com pequena extensão a Niterói.


Foi a primeira vez que alguém registrou, de forma isenta e abrangente, a realidade do espiritismo que se firmava no Brasil. 

Leal de Souza, à época repórter do jornal A Noite, do Rio de Janeiro, efetuou e publicou ali uma pesquisa, com isenção e técnica jornalísticas, descrevendo sessões espíritas dos mais diversos centros da então capital federal.




Sem qualificar nem tomar partido, o jornalista descreve com realismo fotográfico as incorporações, diálogos, a assistência e os cenários dessas sessões mediúnicas e doutrinárias, a que não faltaram as da Federação Espírita Brasileira.

Tão fiel é a descrição que o leitor parece acompanhar as cenas de um filme – um documentário sobre o mediunismo espírita no Brasil do século XX iniciante – à medida que acompanha as cenas no texto ágil e direto da reportagem.