sexta-feira, 20 de julho de 2012

CANAL DE DEUS

É sempre abençoada a doação.
De qualquer forma que seja feita, ela atinge o destino, enriquecendo de alegria aquele a quem se dirige.
É melhor, porém, quando se faz acompanhar pela alegria do ofertante, pois que o felicita igualmente.
Há quem doe, como se estivesse desobrigado de um desagradável dever, assim como outrem que o faz assinalado por injustificável mágoa.
Existem pessoas que dão, especulando, e aguardam receber de volta algo melhor, da mesma forma que outras o fazem constrangidamente.
Seja a tua, a doação livre e rica de gozo, porquanto, da mesma maneira que ofertares, assim o receberás.
Observa a tua atitude quando dás.
Examina-a cuidadosamente e descobrirás, logo depois, outras oportunidades para prosseguir fazendo a tua dádiva, que pode ser o pequeno tempo de atenção que cedas a um aflito, ou tua energia socorrista, ou ainda a tua provisão maternal.
O hábito de dar ensinar-te-á a benção da autodoação ou contribuição plenificadora.
Quando dás com alegria, a lei de Deus, perfeita em todas as suas manifestações, cumpre-se através de ti, pois que se exterioriza, clara e ardorosa, como expressão de fé e amor.
Assim, comparte, livre e incondicionalmente, a tua dádiva com o teu próximo, regozijando-te com a recompensa de paz, que fruirás.
A elevada ação de quem doa, dele faz um canal pelo qual passa o bem de Deus na direção de todas as criaturas.
Num mundo que se caracteriza pelas necessidades e pedidos, torna-te um doador do bem incessante, feliz pela oportunidade de repartir.
A tua aura de generosidade se exterioriza e atrai todos aqueles que se encontram em carência, confiantes de que, na aspereza da luta que travam, não lhes faltará o socorro para tornarem-se completos.
Nada melhor do que ser canal de Deus.
Luta e insiste a fim de prosseguires como instrumento da Divindade atingindo o clímax, quando te tornares maleável e de fácil acesso para finalidade do Amor.

Livro Momentos de Esperança - Joanna de Ângelis